sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Aos Crismandos da Caminhada 2009/2010

Já parou para pensar nos motivos de tua existência? Vez por outra nos pegamos pensando nisso. As melhores respostas surgem quando as procuramos através da fé. Isto porque Deus é o motivo de tua existência. Antes mesmo de você nascer, Ele já sabia de tudo. Ele já te conhecia, sabia a cor dos teus olhos, sabia o teu nome, conhecia a tua família, sabia exatamente quem entraria em tua vida e de que modo cada pessoa te transformaria no que és hoje.

Cada momento que foi vivido por ti ao longo de tua estrada foi minuciosamente planejado por Deus. Em meio aos planos que o Senhor tinha para a tua vida, Ele te deu uma viagem num trem. Nesta viagem, embarcaste com muita vontade de aprender mais sobre o amor de Deus, de alimentar a tua fé, de confirmar a tua cristandade.

Não tinhas noção do quanto esta viagem seria importante para a tua vida nem do quanto as pessoas que embarcaram em teu vagão se tornariam essenciais para ti. A cada estação, pessoas foram desembarcando, mas tua perseverança te fez permanecer no trem, seguindo a viagem ao lado de quem cativaste e de quem te cativou.

Todo o tempo em que nesta viagem estás fez de ti alguém mais forte, te fez criar laços, te fez viver momentos inesquecíveis, te fez conhecer melhor a ti mesmo...

A força de tua juventude foi mostrando ao mundo que ele pode ser transformado através de pequenos gestos, através da oração, através da fé!

Laços de amizade, oração, aprendizado, crescimento, sabedoria, união, perseverança, afeto, amor... Tudo isto em tua viagem, mostrando que a tua juventude tem muito a dar ao mundo.

A tua viagem ainda não acabou! Teu caminho está apenas começando! Entenda “início” o ponto de partida para que você possa levar o que aprendestes em tua caminhada de Crisma para toda uma vida. Conhecer Cristo não é guardar para si tudo o que dele se aprende. É passar adiante a Palavra, fonte de luz e de vida.

Hoje podias estar em qualquer outro lugar, mas Deus te fez estar aqui porque tinha algo para te dizer, algo para acrescentar em tua vida. Ele sabia que você precisava estar aqui. E tudo o que vivestes aqui neste final de semana foi como uma luz que se acendeu em teu coração. Que esta luz sirva para iluminar outros corações, outras vidas, outros lugares.
 
Este não é o fim. É apenas uma nova forma de começar. É o início de tua missão. Dar um SIM a Deus requer muita responsabilidade. E você já mostrou estar pronto para assumi-la. Você, jovem, é muito mais forte do que imagina ser. Deus está te mostrando isso hoje! Nós, da Família Crisma Catedral, ficamos imensamente felizes em registrar tantos de teus momentos ao longo da caminhada. Esperamos que em teu caminho sempre encontres respostas por meio da fé e que leve consigo a certeza de que o tempo que dedicaste à tua preparação Crismal foi um tempo de amadurecer e será sempre lembrado com saudades.

[Texto usado no momento preparado pela equipe Tudo Junto e Misturado - BLOG - para os crismandos, no domingo (24 de outubro) durante o retiro da Crisma no Convento Ipuarana]

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

CONVITE!

Convidamos você que tem a idade entre 15 e 35 anos, homem e mulher para participar conosco de um curso de artes cênicas (Teatro) voltado ao serviço religioso. O curso será realizado no dia 21/11/2010 no centro de formação da Catedral Diocesana das 08h00min as 15h00min e ministrado pelo coordenador do Ministério de Teatro João Paulo II (Sandro Gomes - Paróquia da Catedral diocesana – CG) e convidados. Entrada gratuita, inscrições obrigatórias.
Realização: Ministério de Teatro João Paulo II

Informações: (83)3321-3140 / (83)8829-1253 / (83)88807911
Jesus eu confio em Vós!

Aos Coordenadores da Caminhada 2009/2010

video
“Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que a fez tão importante.”
(Antoine de Saint Exupère em O Pequeno Príncipe)
O que leva essa juventude a dedicar tanto de si ao próximo? O que motiva a entrega de tantos de seus dias para o preparo de reuniões, retiros de formação, encontros...?
No início, havia muitas rosas. Todas elas eram iguais diante de nossos olhos. Cada um ficou responsável por um jardim. Aquelas rosas, então, foram deixando pouco a pouco de ser rosas iguais a cem mil outras rosas espalhadas pelo mundo. Elas passaram a ser as nossas rosas.
Nossas maiores responsabilidades eram cuidar, proteger, amar e deixar um pouco de nós em nossas rosas, porque elas passaram a ser únicas para nós. Juntos, enfrentamos tempestades, fortes ventanias, mas a luz do Espírito Santo sempre esteve a iluminar o nosso jardim, tornando-o cada vez mais forte e belo.
Para manter o nosso jardim vivo, foram necessárias horas de dedicação em reuniões, retiros, encontros... Foi necessário abrir mão de um pouco de nós mesmos para dar espaço à nossa grande responsabilidade de catequistas: a de cativar cada coração que Deus, na Sua infinita grandeza, nos enviou como missão.
E essa tarefa certamente não foi a mais fácil de nossas vidas, porém, para quem se entregou verdadeiramente, esta foi, sem sombra de dúvidas, uma das experiências mais prazerosas pela qual se pôde passar, afinal, é o tempo que se perde com as rosas que as torna tão importantes.
E agora pode surgir a pergunta: será que tanta dedicação valeu a pena? Foram dois anos de caminhada, de formação e, sobretudo, de aprendizado. Como cristãos, somos eternos aprendizes. Não existe quem sempre saiba de tudo, quem sempre esteja preparado, quem sempre tenha respostas prontas. O verdadeiro cristão é humilde, e sabe que precisa da ajuda e das palavras dos irmãos, não é autossuficiente, porque sozinho nunca se chega a lugar nenhum: é necessário ter Deus no centro de nossas vidas, afinal, Ele é nossa perna, nosso braço e nosso coração.
Neste retiro, nossos crismandos viveram momentos que marcarão suas vidas para sempre. O dia da CONFIRMAÇÃO deles está muito próximo. Somos frutos de um SIM que foi dado há um tempo atrás. Que sigamos aqui o exemplo de Maria, usando os nossos crismandos para dar o nosso SIM a Deus.
Como catequistas, ajudamos e contamos com a ajuda uns dos outros para trabalhar durante estes três dias de retiro para que nosso jardim florescesse muito mais lindo do que em qualquer outro dia.
 “Cada pessoa que passa em nossas vidas não nos deixa sós, porque deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.” (Charles Chaplin)
Lembrem-se de que sua essência foi espalhada pelos corações de cada crismando e de cada catequista com quem você pôde compartilhar ao longo desses dois anos de caminhada a experiência do servir. Que possamos doar o que de melhor há em nossos corações afim de que os momentos que  todos viverem daqui até o dia da celebração sejam inesquecíveis.

[Texto (adaptado) e vídeo usados no momento preparado pela Equipe Tudo Junto e Misturado - BLOG da Crisma - para motivar a coordenação na noite de sexta-feira no Convento Ipuarana - preparação do retiro]

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Arte e Músicas do Retiro

Ta ai galera o Banner Oficial do nosso retiro e abaixo você poder fazer o Download de algumas das músicas que serão tocadas no retiro, para já ir se aquecendo!


E o nosso retiro está chegando... espero mais uma vez que todos cheguem lá no Ipuarana de coração aberto e com vontade real de se retirar, e desde já a Familia Tudo Junto e Misturado deseja-lhes um excelente retiro!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

"O que vai ficar na fotografia..."

Hoje me peguei pensando o quanto fui feliz durante os dois anos de caminhada de Crisma. Comentava ontem com os meus crismandos que, mesmo eu tendo chorado por tantas e tantas vezes ao lado deles, isso não fez de mim uma pessoa fraca. Muito pelo contrário: cada lágrima que derramei em cada encontro de Crisma serviu para me tornar uma pessoa mais forte, mais sábia, mais cheia de fé.
E cada palavra que foi dita durante toda a caminhada foi para mim como uma grande escola. Aprendi muito com cada um dos meus crismandos, com cada catequista, com cada amigo que Deus colocou em minha vida durante este tempo. E cada pessoa que surgiu em meu caminho foi como um anjo enviado pelo Senhor, afim de me mostrar coisas em mim que nem eu mesma conhecia.
Esta é uma nova etapa que está se iniciando... Não é o final! É apenas um novo começo. Começo para os crismandos (em breve, crismados) que irão assumir sua missão cristã confirmando sua fé. Começo para os catequistas que vão estranhar não encontrar mais as mesmas carinhas aos domingos, porém, sabendo que se deixou levar pelo poder do Espírito Santo, fazendo com que um pouquinho de sua essência permanecesse em cada um de seus jovens.
E, afinal, o que vai ficar depois de tudo isso? Para mim, vão ficar o carinho, a lembrança, o afeto, a amizade, a sabedoria, o conhecimento, a fé, o cuidado, o amor, a união, a SAUDADE... Vai ficar a certeza de que nossa juventude é muito forte e que juntos podemos transmitir ao mundo uma imensidade de coisas maravilhosas.
Vou aproveitar o espaço também para agradecer. Claro, são necessários agradecimentos. Agradeço a DEUS, que me deu esta missão de presente para me fazer aprender e crescer tanto, que me fez ser tão amada, que me deu tantos anjos de presente... Que me fez ser tão feliz aqui!
No sábado e no domingo (23 e 24 de outubro) vamos nos entregar de verdade a cada momento que acontecerá no retiro. Lembrando aos nossos crismandos: tudo foi feito para vocês com MUITO amor!
"Vamos passar o fim de semana juntos com Deus..."
Que cada segundo se torne eterno, assim como foi a caminhada ao lado de vocês durante estes dois anos!

Insignificância

Pois, é... vim aqui para postar um dos meus últimos textos em minha coluna este ano, creio que este seja mais especificamente o antepenúltimo.

Bom eu sou daqueles que não gosta muito de correntes pela internet nem nada do tipo... porém esta semana fiquei curioso e abri um e-mail(no fim vi que se tratava de mais uma corrente) e reconheci um conjunto de imagens que há pouco tinha sido comentado em um encontro de crisma no meu grupo, e decidi escrever um pouco sobre elas.


 É muito comum em nossa vida nos lembrarmos de Deus, isto é bom, muito bom, pena que quase sempre nos lembramos apenas para pedir, seja saúde, dinheiro, amor, proteção, qualquer coisa, achamos que Deus é uma daquelas máquinas de lanches americanas, onde coloca-se uma nota e escolhe o lanche que quer, e esta nota julgamos ser a nossa oração...
Somos quase sempre muito interesseiros em nossa relação com ELE e quase nunca nos lembramos de agradecer... por nada!
E "ai" de Deus se não conseguirmos o que pedimos... se a máquina enganchar e não der o lanche escolhido, somos capazes de tudo, sacolejar, chutar, espancar, fazer tudo para que ela cumpra com o combinado... e com Deus não é muito diferente... se tropeçamos em um caminho, se alguém que amamos morre, ou qualquer outra coisa que pedimos não seja prontamente atendida por Deus... ficamos totalmente decepcionados por nossas orações não terem sido atendidas...
 
E vem logo aquele sentimento de indignação... procuramos sempre saber por que Deus não salvou aquela pessoas que amávamos, ou por que Deus não fez com que você ganhasse na loteria, e são tanto e tantos os por quês que fazemos... que esquecemos que a resposta a estes porquês não é o que realmente importa...

E esta é a imagem que realmente me fez escrever este texto... esta é a imagem que mostra a insignificância da “pedra” que nos atingiu, a insignificância dos nossos problemas frente ao que Deus fez e faz por nos diariamente... Seria muito bom que ao rezarmos no Pai Nosso aquela parte que diz "Que seja feita a vossa vontade", levasse-mos isto mais a sério, seja esta vontade o que julgamos melhor para nós ou não.

Precisamos acordar para sermos cristãos de corpo e alma e não apenas da boca pra fora. Saber agradecer e louvar a Deus por todos os presentes que ele nos dar, e principalmente pelo principal deles o dom da vida!
Agradeço hoje a Deus por ter colocado em minha vida todos vocês, sejam meus crismandos, os demais crismandos e os catequistas, aprendi com muitos de vocês e muitos de vocês fizeram desta caminhada uma caminhada especial para mim, onde pude amadurecer pessoal a espiritualmente.

Abraço a todos e até o retiro!

Cleber Filho


P.S.: Acho que já começou há algum tempo aquele clima de despedida em alguns grupos, aquelas lagrimas de saudade já começam a cair, antes mesmo do FIM... fim este que é bem especifico, é apenas o fim desta etapa, é apenas mais um degrau que vocês conquistaram, e espero sinceramente que muitos ainda estejam por vir...

Só é preciso ser Cristão

Todos os dias vejo e ouço as mesmas notícias: o mundo anda muito violento, o planeta está morrendo, as pessoas não se respeitam, a corrupção está em todos os lugares, a política é uma palhaçada; e outras coisas do gênero. Todos os dias, também, tenho o mesmo sonho romântico de que tudo isso tem jeito, que é possível confiar no ser humano e que ele é capaz de mudar tudo, de tornar tudo melhor. No meu mundo simples e sem as complicações dos “achismos” a solução só poderia ser a mais simples possível: para consertar tudo só é preciso ser cristão. E, por ser cristão, cumprir dois mandamentos: amar a Deus e amar ao próximo.
Fico surpreso quando vejo não-cristãos que valorizam mais o Cristo do que nós. Mesmo não acreditando na divindade de Jesus, o admiram e o respeitam por ter sido um homem responsável por uma revolução. Uma revolução sem armas, sem guerra, com respeito. Uma revolução baseada no amor.
Não vejo uma definição melhor para a expressão “ser Cristão” do que, simplesmente, amar.
Demonstre essa admiração por aqueles que promovem o bem, incentivem aqueles que promovem o amor.
 Lembrem-se sempre: o meu ídolo morreu por mim, morreu por todos nós; no maior gesto de amor da história.
Por que tem sempre que ser o outro a pessoa a fazer o bem? Por que não pode ser você?
O que há de tão difícil em amar?
Ame!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Pessoas especiais

Vez ou outra, com certeza, você assiste a algum programa televisivo de perguntas e respostas. Desses, em que as pessoas concorrem a prêmios se acertarem uma série de questões.

E é quase certo que você, sentado em sua poltrona, em sua casa, igualmente tente responder.

É provável que você acerte várias questões e até fique a cogitar que, se fosse você, no palco, naquele momento, ganharia com facilidade os valores ofertados.

É possível também que algumas das perguntas você não tenha ideia alguma do que se trata.

Por isso mesmo, é que neste dia desejamos reflexionar juntos, propondo-lhe tentar responder algumas questões.

Primeira: Você saberia dizer o nome das cinco pessoas mais ricas do mundo?

Segunda: E o nome dos cinco últimos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz?

Terceira: Quem sabe poderia lembrar do nome das cinco últimas Miss Universo?

Quarta: Talvez poderia lembrar o nome de dez ganhadores de Medalha de Ouro nas Olimpíadas?

Quinta: Seria possível, então, recordar quem foram os últimos doze atores ganhadores do ambicionado prêmio da Academia de Cinema, o Oscar?

Das cinco questões, você conseguiu responder alguma no todo ou em parte?

Difícil, não? E são pessoas famosas, que aparecem nos jornais, nas revistas, na televisão.

Não são pessoas anônimas, desconhecidas.

Contudo, é assim: o aplauso morre, os prêmios envelhecem, grandes acontecimentos são esquecidos.

Mas, não desanime. Vamos tentar um outro teste.

Primeira pergunta: Você lembra o nome dos professores que você mais gostava?

Segunda: É capaz de dizer o nome de três amigos que ajudaram você em momentos difíceis?

Terceira: E seria possível você relacionar o nome de cinco pessoas que lhe ensinaram alguma coisa valiosa, em sua vida?

Quarta: E quantas pessoas fizeram você se sentir amado e especial?

E, por último, relacione cinco pessoas com quem você gosta de estar.

Você achou este teste mais fácil, não é mesmo? Sabe por quê?

Porque as pessoas que fazem a diferença em nossas vidas não são as que têm mais credenciais, ganham muito dinheiro ou prêmios.

São aquelas que se importam conosco. Com nosso progresso, com nosso bem-estar, com nossa qualidade de vida.

São as pessoas que nos têm afeto, que nos amam. Pessoas que amam a sua profissão e não somente realizam um dever, exercendo-a.

Assim foram muitos dos nossos professores.

Pessoas que sabem que é bom partilhar, dividir experiências, ensinar a outros.

Como nossos avós, pais, tios, vizinhos, pessoas que sabiam alguma coisa boa, importante e se preocuparam em nos ensinar.

Ensinar a cuidar de uma casa, a plantar uma rosa, regar um jardim.

Talvez lavar um carro, empinar um papagaio, preparar uma deliciosa sopa, bordar, escrever, escrever um poema ou redigir uma carta.

Criaturas que nos ensinaram dedilhar o piano, tocar o violão, cantar uma canção. Mesmo que seja uma canção de ninar para adormecer um bebê.

Pessoas que sabem conversar, edificando; descontrair sem exageros; manter amizades através dos anos.

Pessoas, enfim, que fazem a diferença na sua vida. Na vida de cada um de nós.

Pessoas especiais.

Fonte: Momento de reflexão

Morada no céu

 Um homem muito rico morreu e foi recebido no céu.

O anjo guardião levou-o por várias alamedas e foi lhe mostrando as casas e moradias.

Passaram por uma linda casa com belos jardins.

O homem perguntou:

-- Quem mora aí?

O anjo respondeu:

-- É o Raimundo, aquele seu motorista que morreu no ano passado.

O homem ficou pensando:

"puxa! O Raimundo tem uma casa dessas! Aqui deve ser muito bom!"

Logo a seguir surgiu outra casa ainda mais bonita.

-- E aqui, quem mora?

- perguntou o homem.

O anjo respondeu:

-- Aqui é a casa da Rosalina, aquela que foi sua cozinheira.

O homem ficou imaginando que, tendo seus empregados magníficas residências, sua morada deveria ser no mínimo um palácio.

Estava ansioso por vê-la.

Nisso o anjo parou diante de um barraco construído com tábuas e disse:

-- Esta é a sua casa!

O homem ficou indignado:

-- Como é possível!

Vocês sabem construir coisa muito melhor.

-- Sabemos

- responde o anjo

- mas nós construímos apenas a casa.

O material é você mesmo que seleciona e nos envia lá de baixo.

Você só enviou isso!

Moral da história: cada gesto de amor e partilha é um tijolo com o qual construímos a eternidade.

Tudo se decide por aqui mesmo, nas escolhas e atitudes de cada dia.

Fonte: Santuário Mãe de Deus

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Download - Documentário

Continuando a série sobre os 7 pecados capitais...

PREGUIÇA


"Procura desordenada do repouso e do prazer em nada fazer, negligenciando o seu bem espiritual".

Gera:
  • Desespero - Renuncia ao fim que o faz triste, o bem divino.

  • Pusilanimidade - Falta de coragem em relação aos meios de perfeição, que parecem muito penosos.

  • Indolência - os mandamentos comuns a todos são uma fonte de tristeza e são negligênciados.


Canal: The History Channel (Brasil)
Duração: 45 minutos
Idioma: português (portuguese)

Download - Documentário Inveja

Continuando a série sobre os 7 pecados capitais...

INVEJA


"Tristeza com o bem de outrem, porque esse bem é entendido como uma diminuição da sua própria excelência pessoal".

Gera:
  • Cochichos - Procurar rebaixar a glória de alguém falando em segredo.

  • Maledicência - em seguida, fere-se a sua reputação, dizendo abertamente mal.

  • Alegria com o al de outrem - Se o mal chega a alguém: "É bem feito!".


Canal: The History Channel (Brasil)
Duração: 45 minutos
Idioma: português (portuguese)

Você realmente serve a Deus?

“Servi ao Senhor com toda a alegria, vinde e exultaremos. Sabei que o Senhor é Deus e Salvador e só a Ele pertencemos”, e porque pertencemos a Ele, é seu desejo fazer uma obra maravilhosa em nós.

Às vezes, pensamos que servir a Deus é apenas trabalhar para Ele, mas a essência do servo é pertencer ao Senhor e a Ele servir. Vamos supor que você tenha um motorista para servi-lo. Você gostaria que ele usasse o carro o tempo todo? Não, a função dele é esperar por você. Se você está em casa, ele deve esperá-lo lá; se você sai, ele sai com você; se você entra numa loja, ele espera por você, porque é essa a obrigação de um servo. Às vezes, pensamos que servir ao Senhor é fazer mil coisas ao mesmo tempo, mas quando chega o fim do dia, estamos exaustos. No dia seguinte, fazemos tudo igual. Queremos servir ao Senhor com alegria, mas nos enganamos, porque a maneira de servi-Lo é ser d'Ele, assim como Maria aos pés de Jesus. Certamente, haverá momentos em que deveremos ser ativos, no entanto, a essência do servo não é fazer coisas, mas sim ser.

“Servi ao Senhor com toda a alegria, vinde e exultaremos”. É bom servir ao Senhor, é bom ser do Senhor. “Sabei que o Senhor é Deus e salvador”, o nome de Jesus significa Salvador. Não foi isso que o anjo disse a Maria? Seu nome será Jesus, porque Ele é o Salvador. Ele quer nos salvar concretamente, tornando-nos novas pessoas, verdadeiramente renovadas. A salvação começa em nós. Jesus quer ser o nosso salvador, por isso não precisamos usar máscaras carismáticas com aspectos de piedade e de espiritualidade. Temos que ser nós mesmos.

O próprio Senhor nos diz: "Quero vos construir no dia-a-dia. Não quero que façais grandes coisas. É nas pequenas que vos quero formar. Quero vos reconstruir nas coisas domésticas. Construir em vós a minha Igreja. Sede, pois, dóceis à minha condução”.

Louvado seja Deus que quer que vivamos essa experiência de oração.

Trecho do livro "Curados para amar" de monsenhor Jonas Abib